Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2755
Título: Verificação dos estados limites de utilização de estruturas de betão
Autor: Magalhães, Isaque
Palavras-chave: Fendilhação
Deformações excessivas
Comportamento em serviço
Abertura de fendas
Cracking
Excessive deformations
In service
Opening of cracks
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: A ocorrência de fenómenos como deformações excessivas, deformações impostas, variações de temperatura, fluência e retracção entre outros são responsáveis pela diminuição do desempenho em serviço das estruturas de betão. Frequentemente, os projectistas valorizam em demasia a verificação da segurança em relação aos estados limites últimos, dedicando menos atenção à verificação dos estados limites de utilização, recorrendo a certas medidas construtivas que em casos usuais poderão ser suficientes. Em casos especiais como vãos consideráveis ou acções de elevada intensidade, estas medidas não garantem que a estrutura apresente a funcionalidade e a durabilidade desejáveis, impondo-se a necessidade de verificar os estados limites de utilização por métodos de cálculo mais fiáveis. Este factor, pode ser determinante para evitar certas anomalias de difícil resolução. A presente dissertação pretende documentar alguns métodos de cálculo utilizados no controlo da fendilhação, na limitação das tensões e no controlo das deformações segundo as mais recentes disposições regulamentares previstas para o efeito. Como os valores obtidos com a aplicação destes métodos são aproximações ao comportamento real dos elementos estruturais, procurou-se comparar estes resultados teóricos com situações reais, de forma a avaliar a sua precisão e fiabilidade. A degradação precoce das estruturas de betão, nem sempre se deve apenas à desvalorização da verificação dos estados limites de utilização em fase de projecto. Como os processos de produção destas estruturas são complexos e por vezes são negligenciadas boas práticas de construção, são propostas neste trabalho resumidamente algumas medidas construtivas que visam aumentar a durabilidade das estruturas e o seu desempenho em serviço.
The occurrence of phenomena such as excessive deformations, imposed deformations, temperature changes, creep and shrinkage, among others, is responsible for the decreased service performance of concrete structures. Engineers often overvalue the verification of ultimate limit states and disregard the verification of service limit states by using some constructive measures which may be sufficient in usual cases. In special cases, such as long spans or high-intensity loads, these measures do not guarantee that the structures have the desired functionality and durability, thus requiring the verification of service limit states for more reliable results. This paper describes some calculation methods used to control the formation of cracks and excessive deformations according to the latest rules provided for that purpose. The values obtained with the application of these methods are approximations to the actual structural behavior. The comparison of these theoretical results with real situations is essential to assess their accuracy and reliability. The early deterioration of concrete structures is not always simply due to the underestimation of the verification of service limit states in the design stage. The production processes of these structures are complex and sometimes certain measures to reduce the pathological phenomena are neglected. Briefly, this work proposes some constructive measures to increase the durability of structures and their performance in service.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2755
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Civil

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_IsaqueMagalhaes_2011_MEC.pdf3,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.