Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2739
Título: Auditoria energética e da QAI no âmbito do SCE de um edifício de serviços
Autor: Morais, Luís Casimiro Afonso
Orientador: Pilão, Rosa Maria
Vaquero, Petra
Palavras-chave: Certificação energética
Auditoria energética
Auditoria à qualidade do ar interior
Simulação dinâmica
Energetic certification
Energetic auditing
Indoor air quality analysis
Dynamic simulation
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Dissertação/Estágio do ramo de Optimização Energética na Indústria Química, do Mestrado em Engenharia Química do Instituto Superior de Engenharia do Porto e foi desenvolvido na empresa GreenWatt. O principal objectivo é efectuar uma auditoria energética e uma auditoria QAI a uma clínica de fisiatria de forma a preparar as ferramentas necessárias para a Certificação Energética e da QAI no enquadramento do Sistema de Certificação Energética. Na auditoria QAI foram analisados parâmetros físicos - temperatura, humidade relativa e partículas respiráveis PM10, parâmetros químicos - CO2, CO, O3, COVs, HCOH e o radão, e ainda parâmetros microbiológicos - bactérias, fungos e legionella. Na auditoria energética foi feita a caracterização dos vectores de energia utilizados no edifício, nomeadamente, gás natural e electricidade. Para esta caracterização efectuou-se um levantamento de toda a informação disponível relativa aos combustíveis utilizados, iluminação instalada, outros equipamentos consumidores de energia e perfis de utilização. Com recurso a analisadores de energia foram ainda medidos os consumos eléctricos do edifício. Com suporte nos dados provenientes da auditoria energética e das facturas anuais efectuou-se a validação da simulação dinâmica do edifício. Esta simulação é a base do cálculo do IEEnominal do edifício. Os resultados da auditoria QAI, permitiram verificar que existem valores nãoregulamentares em relação aos compostos orgânicos voláteis, fungos e bactérias. Da auditoria energética concluiu-se que o principal consumo de energia é o gás natural utilizado pelas caldeiras existentes. Este valor representa cerca de 81% do consumo total de energia, reproduzindo os mesmos resultados obtidos pela desagregação das facturas energéticas. No que respeita à electricidade concluiu-se que as bombas de água e os equipamentos eléctricos são os maiores consumidores deste vector, com, respectivamente, 53% e 23% do consumo total de energia eléctrica. Após a realização da simulação dinâmica, com base nos levantamentos realizados no edifício e na auditoria energética efectuada, obteve-se uma fotografia do edifício no que respeita ao seu desempenho energético, e calculou-se um IEEnominal de 40,54 kgep/m2.ano o que qualifica o edifício com uma Classe Energética E. O valor de CO2 emitido por este edifício em termos nominais, anualmente, é de 76,39 toneladas.
This work was performed as the Thesis/Internship for the Masters Degree in Energy Optimization in Industrial Chemistry at the Superior Institute of Engineering of Oporto and was developed at GreenWatt company. The main objective of this work is to perform an energy audit and an Indoor Ar Quality audit to a physiatry clinic in order to prepare the necessary tools for the Energy Certification and Indoor Air Quality in the framework of the Energy Certification System. In the Indoor Ar Quality audit were analyzed physical parameters - temperature, humidity and respirable particulate PM10, chemical parameters - CO2, CO, O3, VOCs, HCOH and radon, and also microbiological parameters - bacteria, fungi and legionella. An energy audit was made to achieve characterization of energy vectors used in the building, including natural gas and electricity. To do this characterization was carried out a survey of all available information on used fuels, installed lighting, other energy-using equipment and user profiles. Using energy analyzers were also measured the electrical consumption of the building. With support from the data of the energy audit and annual bills was carried out to validate the dynamic simulation of the building. The dynamic simulation is base on the calculation of Energy efficiency index of the building. The conclusion of the Indoor Ar Quality audit suggests that there is a strong contamination of indoor air, volatile organic compounds, fungi and bacteria. The energy audit concluded that the primary energy consumption is natural gas used by the existing boilers. This represents about 81% of total energy consumption, reproducing the same results obtained by the breakdown of energy bills. On electricity it was concluded that the water pumps and electrical equipment are the biggest consumers with respectively 53% and 23% of total electricity consumption. Upon completion of the dynamic simulation, based on surveys conducted in the building and energy audit performed, was obtained a photograph of the building with regard to energy performance, and it was calculated the energy efficiency index with the value 40,54 kgep/m2.year which qualifies the building with an Energy Class E. The amount of CO2 emitted by this building in nominal terms is annually 76.39 tons.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2739
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_LuisMorais_2011_MEQ.pdf10,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.