Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2714
Título: Realidade aumentada aplicada ao processo de ensino/aprendizagem. Estudo de caso.
Autor: Magalhães, Paulo
Orientador: Castro, António Abel Vieira de
Carvalho, Carlos Vaz de
Palavras-chave: Objectos de aprendizagem
Interacção pessoa-­‐máquina
Realidade aumentada
Usabilidade
Saúde
Learning objects
Human-­‐computer interaction
Augmented reality
Usability
Health
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: Nas últimas décadas temos assistido a um avanço tecnológico a todos os níveis mas com particular incidência ao nível do hardware e dos dispositivos móveis. Estes tornaram-­‐se cada vez mais leves e mais baratos, e transferiram-­‐se do escritório para o carro, para os equipamentos e para os utensílios. A quantidade de informação (digital) disponível no meio envolvente aumentou de forma exponencial exigindo uma resposta tecnológica com o intuito de melhorar/facilitar o seu acesso e assimilação. É aqui que surge o conceito de Realidade Aumentada a funcionar como uma ponte de ligação entre o real e o digital convidando a novos modelos de interacção com o utilizador. A sua incorporação visa essencialmente tornar os sistemas mais usáveis diminuindo a carga cognitiva inerente à sua utilização. Este trabalho apresenta um estudo de caso, propondo um modelo para a construção de um Objecto de Aprendizagem com recurso a Realidade Aumentada especificamente para a área da saúde. O problema identificado nesta dissertação procura investigar se a integração de técnicas de Realidade Aumentada combinadas com técnicas multimédia e outros materiais convencionais podem contribuir para uma maior motivação e percepção cooperando para a construção de conhecimento.
In the last decades we have witnessed a technological advancement at all levels but with particular emphasis in hardware and in mobile devices. These became increasingly lighter and cheaper, and transferred from the office to the car, to equipment and other utensils. The amount of (digital) information available in the environment has increased exponentially, requiring a technological response in order to improve and facilitate its access and assimilation. It is here that the concept of Augmented Reality appears functioning as a bridge between the real and digital inviting new models of user interaction. The AR incorporation is intended primarily to make systems more usable by decreasing the need of cognitive load inherent in their use. This paper presents a case study, proposing a model for building a Learning Object using Augmented Reality specifically for healthcare. The problem identified in this thesis, studies the integration of augmented reality and multimedia techniques combined with other conventional materials and research how they may contribute to increase motivation and perceived towards building knowledge.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2714
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Informática

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_PauloMagalhaes_2010_MEI.pdf10,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.