Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2703
Título: Satisfação de agentes afectivos no processo de tomada de decisão em grupo
Autor: Carneiro, João Miguel Ribeiro
Orientador: Marreiros, Goreti
Santos, Ricardo
Palavras-chave: Satisfação com a decisão
Sistemas de apoio à tomada de decisão em grupo
Resultados decisórios
Computação afectiva
Decision satisfaction
Group decision support systems
Outcomes
Affective computing
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: Um dos factores mais determinantes para o sucesso de uma organização é a qualidade das decisões tomadas. Para que as decisões tomadas sejam melhores e potenciem a competitividade das organizações, sistemas como os Sistemas de Apoio à Tomada de Decisão em Grupo (SADG) têm sido fortemente desenvolvidos e estudados nas últimas décadas. Cada vez mais, estes sistemas são populados com um maior número de dados, com o objectivo de serem mais assertivos. Considera-se que com determinados dados seja possível que o sistema possa aferir a satisfação dos participantes com as decisões tomadas, tendencialmente de forma automática. Hoje em dia, as análises de satisfação com as decisões não contemplam na sua maioria factores imprescindíveis, como os emocionais e de personalidade, sendo que os modelos existentes tendem a ser incompletos. Nesta dissertação propõe-se uma metodologia que permite a um SADG aferir a satisfação do participante com a decisão, considerando aspectos como a personalidade, as emoções e as expectativas. A metodologia desenvolvida foi implementada num SADG (ArgEmotionsAgents) com uma arquitectura multiagente, composto por agentes que reflectem participantes reais e que estão modelados com a sua personalidade. De acordo com a sua personalidade, esses agentes trocam argumentos persuasivos de forma a obterem uma decisão consensual. No processo de troca de argumentos os agentes geram emoções que afectam o seu humor. A implementação da metodologia no ArgEmotionsAgents permite que, no final de uma reunião, seja possível aferir a satisfação dos agentes participantes com a decisão final e com o processo que levou à tomada de decisão. De forma a validar a metodologia proposta bem como a implementação que foi desenvolvida, foram realizadas quatro experiências em diferentes cenários. Numa primeira experiência, foi aferida a satisfação dos quatro agentes participantes. Nas experiências seguintes, um dos agentes participantes foi usado como referência e foram alteradas configurações (expectativas, personalidade e reavaliação das alternativas) para perceber de que forma os vários factores afectam a satisfação. Com o estudo concluiu-se que todos os factores considerados no modelo afectam a satisfação. A forma como a satisfação é afectada por cada um dos factores vai ao encontro da lógica apresentada no estado da arte. Os resultados de satisfação aferidos pelo modelo são congruentes.
One of the most important factors to determine the success of an organization is the quality of decisions that are made. In order to improve the decisions taken and to strengthen the competitiveness of organizations, systems such as Group Decision Support Systems (GDSS) have been strongly developed and studied in recent decades. More data have been increasingly added to these systems in order to be more assertive. It is considered that with certain data it is possible to the system to assess automatically the participants' satisfaction regarding the decisions made. Nowadays, most of the satisfaction with the decisions does not address essential factors such as emotions and personality, since the existing models tend to be incomplete. In this thesis, is proposed a theory that allows a GDSS to measure the participant’s satisfaction with the decision, considering aspects such as personality, emotions and expectations. The developed methodology was implemented in a GDSS (ArgEmotionsAgents) with a multiagent architecture consisting of agents that reflect the real participants and are modeled according to their personality. According to their personality, these agents exchange persuasive arguments in order to take a consensual decision. In the process of exchanging arguments agents generate emotions that affect their mood. The implementation of the methodology in the ArgEmotionsAgents allows, at the end of the meeting, the possibility to measure the participants’ satisfaction with the final decision and with the process that led to the decision making. In order to validate the proposed methodology, as well the developed implementation, four experiments were performed in different scenarios. In a first experiment, the satisfaction of the four participating agents was measured. In the following experiments, one of participating agents was used as a reference and settings were changed (expectations, personality and alternatives re-evaluation) to understand how the several factors affect satisfaction. With this study we concluded that all factors considered in the model affect satisfaction. The way satisfaction is affected by each of the factors meets the logic presented in the state of the art. The results of satisfaction measured by the model are congruent.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2703
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Informática

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_JoaoCarneiro_2011_MEI.pdf2,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.