Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2606
Título: Cooperative framework for open real-time systems
Autor: Maia, Cláudio
Orientador: Nogueira, Luis
Palavras-chave: Sistemas abertos de tempo-real
Execução cooperativa
Gestão de recursos
Gestão da Qualidade de serviço
Android
Open real-time systems
Cooperative execution
Resource management
Quality of service
Android OS
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: Actualmente, os sistemas embebidos estão presentes em toda a parte. Embora grande parte da população que os utiliza não tenha a noção da sua presença, na realidade, se repentinamente estes sistemas deixassem de existir, a sociedade iria sentir a sua falta. A sua utilização massiva deve-se ao facto de estarem practicamente incorporados em quase os todos dispositivos electrónicos de consumo, telecomunicações, automação industrial e automóvel. Influenciada por este crescimento, a comunidade científica foi confrontada com novos problemas distribuídos por vários domínios científicos, dos quais são destacados a gestão da qualidade de serviço e gestão de recursos - domínio encarregue de resolver problemas relacionados com a alocação óptima de recursos físicos, tais como rede, memória e CPU. Existe na literatura um vasto conjunto de modelos que propõem soluções para vários problemas apresentados no contexto destes domínios científicos. No entanto, não é possível encontrar modelos que lidem com a gestão de recursos em ambientes de execução cooperativos e abertos com restrições temporais utilizando coligações entre diferentes nós, de forma a satisfazer os requisitos não funcionais das aplicações. Devido ao facto de estes sistemas serem dinâmicos por natureza, apresentam a característica de não ser possível conhecer, a priori, a quantidade de recursos necessários que uma aplicação irá requerer do sistema no qual irá ser executada. Este conhecimento só é adquirido aquando da execução da aplicação. De modo a garantir uma gestão eficiente dos recursos disponíveis, em sistemas que apresentam um grande dinamismo na execução de tarefas com e sem restrições temporais, é necessário garantir dois aspectos fundamentais. O primeiro está relacionado com a obtenção de garantias na execução de tarefas de tempo-real. Estas devem sempre ser executadas dentro da janela temporal requirida. O segundo aspecto refere a necessidade de garantir que todos os recursos necessários à execução das tarefas são fornecidos, com o objectivo de manter os níveis de performance quer das aplicações, quer do próprio sistema. Tendo em conta os dois aspectos acima mencionados, o projecto CooperatES foi especificado com o objectivo de permitir a dispositivos com poucos recursos uma execução colectiva de serviços com os seus vizinhos, de modo a cumprir com as complexas restrições de qualidade de serviço impostas pelos utilizadores ou pelas aplicações. Decorrendo no contexto do projecto CooperatES, o trabalho resultante desta tese tem como principal objectivo avaliar a practicabilidade dos conceitos principais propostos no âmbito do projecto. O trabalho em causa implicou a escolha e análise de uma plataforma, a análise de requisitos, a implementação e avaliação de uma framework que permite a execução cooperativa de aplicações e serviços que apresentem requisitos de qualidade de serviço. Do trabalho desenvolvido resultaram as seguintes contribuições: Análise das plataformas de código aberto que possam ser utilizadas na implementação dos conceitos relacionados com o projecto CooperatES; Critérios que influenciaram a escolha da plataforma Android e um estudo focado na análise da plataforma sob uma perspectiva de sistemas de tempo-real; Experiências na implementação dos conceitos do projecto na plataforma Android; Avaliação da practicabilidade dos conceitos propostos no projecto CooperatES; Proposta de extensões que permitam incorporar características de sistemas de tempo real abertos na plataforma Android.
Embedded devices are reaching a point where society does not notice its presence; however, if suddenly taken away, everyone would notice their absence. The new, small, embedded devices used in consumer electronics, telecommunication, industrial automation, or automotive systems are the reason for their massive spread. Influenced by this growth and pervasiveness, the scientific community is faced with new challenges in several domains. Of these, important ones are the management of the quality of the provided services and the management of the underlying resources - both interconnected to solve the problem of optimal allocation of physical resources (namely CPU, memory and network as examples), whilst providing the best possible quality to users. Although several models have been presented in literature, a recent proposal handles resource management by using coalitions of nodes in open real-time cooperative environments, as a solution to guarantee that the application’s non-functional requirements are met, and to provide the best possible quality of service to users. This proposal, the CooperatES framework, provides better models and mechanisms to handle resource management in open real-time systems, allowing resource constrained devices to collectively execute services with their neighbours, in order to fulfil the complex Quality of Service constraints imposed by users and applications. Within the context of the CooperatES framework, the work presented in this thesis evaluates the feasibility of the implementation of the framework’s Quality of Service concept within current embedded Java platforms, and proposes a solution and architecture for a specific platform: the Android operating system. To this purpose, the work provides an evaluation of the suitability of Java solutions for real-time and embedded systems, an evaluation of the Android platform for open real-time systems, as well as discusses the required extensions to Android allowing it to be used within real-time system. Furthermore, this thesis presents a prototype implementation of the CooperatES framework within the Android platform, which allows determining the suitability of the proposed platform extensions for open real-time systems applications.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2606
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Informática

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_ClaudioMaia_2011_MEI.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.