Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2585
Título: Determinação de cobre, cobalto e molibdénio em amostras de alimentos seleccionados.
Autor: Diogo, Ricardo Jorge dos Santos
Orientador: Silva, Paulo
Divis, Pavel
Palavras-chave: ICP-MS
Oligoelementos
Cobre
Cobalto
Molibdénio
Feijões
Nozes
Amêndoas
Amendoins
Trace elements
Copper
Cobalt
Molybdenum
Beans
Almonds
walnuts
Peanuts
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: A realização desta tese tinha como principal objectivo determinar a concentração de cobre, cobalto e molibdénio em alimentos seleccionados. Foram determinadas as concentrações de cobre, cobalto e molibdénio em feijões vermelho, feijões castanho, feijões branco, dois tipos de amêndoas, dois tipos de nozes e amendoins. Todos estes alimentos foram comprados e analisados na República Checa. Para a análise destes alimentos foi usado o método analítico Espectrometria de Massa Acoplada a Plasma Indutivo (ICP-MS). Antes de efectuar a análise foi necessário fazer um tratamento prévio que consistia na digestão do alimento no microondas, utilizando-se uma massa de 1 grama de alimento, 5 ml de HNO3 e 2 ml de H2O2. O alimento que tem maior concentração de cobre é as nozes fornecida pela empresa Fit Line (8,7 ± 0,6 μg/g) e o que tem a menor concentração de cobre são os amendoins (3,2 ± 0,2 μg/g). Em relação ao cobalto o alimento que tem a maior concentração de cobalto é feijão do tipo castanho (0,106 ± 0,005 μg/g) e o que apresenta a menor concentração é as amêndoas do tipo 2 (0,019 ± 0,003 μg/g). Para o molibdénio o alimento que apresenta uma maior concentração é o feijão do tipo branco (5,3 ± 0,6 μg/g) e o que tem a menor concentração é as nozes do tipo 2 (0,10 ± 0,01 μg/g).
The main objective of this thesis was to determine the concentration, of copper, cobalt and molybdenum found in selected foods. The amount of copper, cobalt and molybdenum present in dry red beans, brown beans, white beans, two types of almonds, two types of walnuts and also in peanuts was determined. All of these foods were analyzed in the Czech Republic. Inductively Coupled Plasma Mass Spectrometry (ICP-MS) was used to analyze these foods. Before the analysis, inset it was necessary to do a preliminary treatment, which consisted in dissolving the solid food in the microwave, using 1 g of food, 5 mL of HNO3 and 2 mL of H2O2. The conclusions were that the foods which have the highest concentration of copper were the walnuts, supplied by the Fit Line Company (8,7 ± 0,6 μg/g), whereas the food which contained the lowest concentration of copper were the peanuts (3,2 ± 0,2 μg/g). As for the cobalt, the food with the highest concentration of this element was the brown beans (0,106 ± 0,005 μg/g), and the food that had the lowest concentration was the almonds type 2 (0,019 ± 0,003 μg/g). Therefore, the dried white beans revealed to be the food with the highest amount of molybdenum (5,3 ± 0,6 μg/g), and the type 2 walnuts, have the lowest (0,10 ± 0,01 μg/g) amount of this element.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2585
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_RicardoDiogo_2010_MEQ.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.