Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2566
Título: Avaliação de compostos halogenados em água e ar de piscinas
Autor: Maia, Raquel Viana de Azevedo
Orientador: Correia, Manuela
Pereira, Isabel Brás
Palavras-chave: Desinfeção
Piscinas
Trihalometanos
Subprodutos de desinfeção
Disinfection
Swimming pools
Trihalomethanes
Disinfection byproducts
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: A procura de piscinas para a prática de atividades desportivas, recreativas e/ou terapêuticas tem sofrido um aumento gradual ao longo do tempo. No entanto, nas piscinas existem vários perigos associados à sua utilização. Relativamente aos perigos químicos, a utilização de desinfetantes à base de cloro, bromo ou compostos derivados vai, por um lado, inativar microrganismos patogénicos mas, por outro, dar origem a subprodutos ao reagir com compostos orgânicos presentes na água. Os trihalometanos são um exemplo de subprodutos que se podem formar e, entre os compostos principais, estão o clorofórmio (TCM), bromodiclorometano (BDCM), clorodibromometano (CDBM) e bromofórmio (TBM). Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de uma metodologia analítica para a determinação de trihalometanos em água e ar de piscinas e a sua aplicação a um conjunto de amostras. Para a análise dos compostos, foi utilizada a microextração em fase sólida no espaço de cabeça (HS-SPME) com posterior quantificação dos compostos por cromatografia gasosa com detetor de captura eletrónica (GC-ECD). Foi realizada uma otimização das condições de extração dos compostos em estudo em amostras de água, através da realização de dois planeamentos experimentais. As condições ótimas são assim obtidas para uma temperatura de extração de 45ºC, um tempo de extração de 25 min e um tempo de dessorção de 5 min. Foram analisadas amostras de águas de piscina cedidas pelo Centro de Estudos de Águas, sendo avaliada a aplicação da técnica HS-SPME e o efeito de matriz. O modo como se manuseiam as soluções que contêm os compostos em estudo influencia os resultados devido ao facto destes serem bastante voláteis. Concluiu-se também que existe efeito de matriz, logo a concentração das amostras deverá ser determinada através do método de adição de padrão. A caraterização da água de piscinas interiores permitiu conhecer a concentração de trihalometanos (THMs). Foram obtidas concentrações de TCM entre 4,5 e 406,5 μg/L sendo que apenas 4 das 27 amostras analisadas ultrapassam o valor limite imposto pelo Decreto-Lei nº306/2007 (100 μg/L) no que diz respeito a águas de consumo humano e que é normalmente utilizado como valor indicativo para a qualidade das águas de piscina. Relativamente à concentração obtida no ar de uma piscina interior, foi detetada uma concentração média de 224 μg/m3 de TCM, valor muito abaixo dos 10000 μg/m3 impostos pelo Decreto-lei nº24/2012, como valor limite para exposição profissional a agentes químicos.
Demand for pools to practice sportive, recreational and/or therapeutic activities has shown a gradual increase over time. However, in the swimming pools there are several hazards associated with their use. Relatively to chemical hazards, the use of chlorine, bromide or derivates as disinfectant will, on one hand, inactivate pathogenic microorganisms but, on the other hand, will react to form by-products with organic compounds present in water. The trihalomethanes are an example of by-products which can be formed, and the compounds most commonly detected are chloroform (TCM), bromodichloromethane (BDCM), chlorodibromomethane (CDBM) and bromoform (TBM). This study aimed to develop an analytical methodology for the determination of trihalomethanes in water and air of swimming pools and its application to a set of samples. For the analysis of the compounds, it was used the headspace with solid phase microextraction technique (HS-SPME) and subsequent quantification of the compounds by gas chromatography with an electron capture detector (GC-ECD). It was analyzed samples of swimming pool water provided by the Centro de Estudos de Águas and it was evaluated the application of HS-SPME technique and matrix effect. The handling of the solutions containing the compounds in study influences the results because they are quite volatile. It was also concluded that there is matrix effect, so the concentration of the samples should be determined by the method of standard addition. An optimization of the conditions of extraction was performed for the THMs, applied to water samples through two experimental designs. The best conditions were obtained for an extraction temperature of 45°C, an extraction time of 25 min and a desorption time of 5 min. Characterization of water of some indoor swimming pools allowed us to know the concentration of trihalomethanes (THMs). Values between 4.5 and 406.5 μg/L of TCM were found in the water pool and only 4 of the 27 samples exceeded the limit of 100 μg/L imposed by Decreto-Lei nº306/2007 for human consumption water. For the values determined in the air, it was detected an average concentration of 224 μg/m3 of TCM, a value quite below the 10,000 μg/m3 imposed by the Directive 2000/39/CE as an indicative occupational exposure limit value.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2566
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_RaquelMaia_2012_MEQ.pdf3,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.