Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2474
Título: O comportamento dos ajustes posturais antecipatórios na tibio-társica na sequência de levantar em indivíduos com doença de Parkinson
Autor: Neto, Águeda
Orientador: Silva, Augusta
Pinheiro, Ana Rita
Santos, Rubim
Palavras-chave: Doença de Parkinson
Ajustes posturais antecipatórios
Tibial anterior
Solear
Sentado
Parkinson's disease
Anticipatory postural adjustments
Anterior tibial
Soleus
Sitting
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Introdução: A sequência de movimento de sentado para de pé (SPP) exige um elevado controlo postural (CP). Em indivíduos com doença de Parkinson (DP), os circuitos que envolvem os ajustes posturais antecipatórios (APA’s) parecem estar afetados, refletindo-se numa diminuição do CP com repercussões nesta sequência de movimento. Objetivo: Avaliar o comportamento dos APA’s na tibio-társica na sequência de movimento SPP em indivíduos com DP. Métodos: Recorreu-se ao estudo de 4 casos com DP, com tempo de evolução entre os 3 e 17 anos, objeto de uma intervenção de fisioterapia baseada nos princípios do Conceito de Bobath durante 12 semanas. Antes (M0) e após (M1) a intervenção procedeu-se ao registo eletromiográfico dos músculos tibial anterior (TA) e solear (SOL) bilateralmente e durante a sequência de SPP. Adicionalmente foram também utilizadas a Escala de Equilíbrio de Berg, a Modified Falls Efficacy Scale (MFES) e a Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF), para, indiretamente, averiguar o impacto funcional da reorganização dos APA’s. Resultados: Em M0 os resultados sugerem uma diminuição APA’s, uma vez que se observou: 1) diferentes tempos de ativação do TA e do SOL entre membros e 2) uma ativação prévia do SOL ao TA para os participantes A, C e D. Em M1, observou-se uma aproximação ao comtemplado para os APA’s para a maioria dos indivíduos. Os resultados na escala de Berg e MFES, de M0 para M1, sugerem um aumento do equilíbrio e da capacidade de confiança na maioria dos participantes (A, 21/42 pontos, B manteve a pontuação final 31 pontos, C, 50/54 pontos e D 45/53 pontos na escala de Berg; A, 30/43 pontos, B, 21/18 pontos, C, 70/68 pontos e D, 40/64 pontos na MFES;). Também se observaram melhorias nas atividades e participação da CIF. Conclusão: nos indivíduos em estudo verificou-se, de uma forma geral, uma modificação no sentido da aproximação do período comtemplado para os APA’s, em M1. Nos sujeitos A, C, e D verificou-se uma modificação do tempo de activação do SOL em função da actividade do TA em M1. No individuo B, à esquerda não se verificou o mesmo comportamento, verificou-se a activação inversa do SOL ao TA.
Introduction: The sequence of seating movement for standing position (SPP) demands a high postural control (CP). In individuals with Parkinson's Disease (PD), the circuits involved in the postural anticipatory adjustments (APA's) seem to be affected, which is reflected ob a decrease of the CP, with repercussions in this movement sequence. Goal: To evaluate the behavior of APA's in the tibio-tarsal on the movement sequence SPP in individuals with PD. Methods:We resort 4 Parkinson's Disease case studies, with evolution time between 3 and 17 years, subjected to physiotherapy intervention based on the Concept of Bobath, during 12 weeks. Before (M0) and after (M1) the intervention, one proceeded to the bilaterally electromyographic recording of the muscles previous tibial (TA) and solear (SOL), during the sequence of SPP. Additionally, it was also used the Balance of Berg Scale, Modified Falls Efficacy Scale (MFES) and the International Classification of Functionality (CIF), in order to indirectly address the functional impact of the APA's reorganization. Results: In M0 the results suggest a decrease of APA's, observed once: 1) different activation times of TA and of the SOL between members and 2) a previous activation of the SOL to the TA for the participants A, C and D. In M1, it was observed an approach to the referred for APA's, for the majority of the individuals. The results in the scale of Berg and MFES, of M0 for M1, suggest an increase of the balance, as well as an increase in the trust capacity, for the majority of the participants (A, 21/42 points, B maintained the final punctuation 31 points, C, 50/54 points and D, 45/53 points in the scale of Berg; A, 30/43 points, B, 21/18 points, C, 70/68 points and D, 40/64 points in MFES;). Improvements were also observed for the activities and participation of CIF. Conclusion: In general, for the individuals in these studies , it was verified a change in the sense of the approach of the referred period for APA's, in M1. For the A, C, and D subjects, a SOL activation time change was verified, in function of the TA activity in M1. For individual B, for the left side the same behavior was not verified, but the inverse activation was verified from the SOL to TA.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2474
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AguedaNeto_2013.pdf1,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.