Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2346
Título: Modelação do transporte e dispersão atmosférica de poluentes produzidos por uma refinaria: estudo de caso
Autor: Pinto, Miguel Filipe Teixeira
Orientador: Silva, L. M. S.
Sá, Christopher
Palavras-chave: Qualidade do ar ambiente
Emissões de poluentes atmosféricos em refinarias
Indústrias da refinação de petróleo
Refinería Balboa
Conceito de “bolha comum"
Modelação gaussiana de dispersão de poluentes atmosféricos
CALPUFF
Data de Defesa: 2008
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: Com este trabalho, pretendeu-se avaliar o impacto ambiental, em termos de qualidade do ar, provocado em Évora, Beja e Moura, com a futura instalação de uma refinaria em Espanha, Refinería Balboa, próxima da fronteira portuguesa. O trabalho desenvolvido compreendeu três etapas fundamentais: realização de um inventário de emissões atmosféricas, modelação do transporte e dispersão dos principais poluentes atmosféricos e comparação das concentrações de poluentes obtidas ao nível do solo com os valores limite legislados. O inventário das emissões gasosas foi realizado através do recurso a dados de emissão de poluentes atmosféricos (2006 e 2007), provenientes de refinarias. Este permitiu determinar os principais poluentes atmosféricos emitidos, SO2 e NOX, representando respectivamente 76,3 % e 18,6 % das emissões totais, bem como os seus valores médios de emissão, utilizando o conceito de “bolha comum”. A modelação da dispersão gaussiana de pluma em estado estacionário foi realizada para diversas condições atmosféricas e de emissão de poluentes. Considerando o pior cenário possível obteve-se, em Évora, Beja e Moura, concentrações ao nível do solo de, respectivamente, 56,3 μg/m3, 50,7 μg/m3 e 65,4 μg/m3 para o SO2 e de 13,7 μg/m3, 12,3 μg/m3 e 15,9 μg/m3 para o NOx. Estes valores foram obtidos considerando a orientação dos ventos na direcção dos locais receptores, correspondendo a uma frequência de 3,45 % para Évora e de 3,78 % para Beja e Moura. Verifica-se que, mesmo nos períodos menos favoráveis e no pior cenário possível, o impacto provocado pela Refinería Balboa não causará incumprimento da legislação ambiental (Decreto-Lei n.º 111/2002 de 16 de Abril[1]). Como complemento, tentou-se realizar a modelação da dispersão dos poluentes recorrendo a um sistema de modelação computacional de dispersão atmosférica, o CALPUFF. Esta não foi conseguida integralmente, tendo-se contudo avançado consideravelmente na compreensão e interpretação do sistema de modelos e correspondente interface gráfica.
The aim of this work was to analyse the environmental impact, in terms of air quality, for a future implementation of a petroleum industry in Spain, Refinería Balboa, near the Portuguese border. The work done includes three fundamental stages, namely the drawing up of an atmospheric emission inventory, an atmospheric dispersion modelling of the main pollutants and also a regulatory verification of the obtained ground emission levels. The atmospheric emissions inventory was developed using atmospheric pollutants emissions data (2006 and 2007), from petroleum industries, which allowed the determination of the main atmospheric pollutants, which are SO2 and NOX. These pollutants represent, respectively, 76,3 % and 18,6 % of the total emissions, as well as their medium emissions rates, using the “bubble concept”. A steady state Gaussian-plume atmospheric dispersion modelling for several atmospheric conditions and pollutants emission rates was conducted. In the worst case scenario, the ground concentrations obtained in Évora, Beja and Moura were, respectively, 56,3 μg/m3, 50,7 μg/m3 and 65,4 μg/m3 for SO2 and 13,7 μg/m3, 12,3 μg/m3 and 15,9 μg/m3 for NOx. All these results were achieved using the wind orientation in the direction of the designated receiver spots/places, which correspond to a frequency of favourable winds of 3,45 % for Évora and 3,78 % for Beja and Moura. Even in the most unfavourable periods and in the worst case scenario, the regulatory limits are satisfied (Decreto-Lei n.º 111/2002 de 16 de Abril[1]). As a complementary work, it was made an attempt to conduct an atmospheric pollutant dispersion modelling using an advanced dispersion model, CALPUFF. This attempt was not entirely fulfilled. However, significant advances were achieved in the comprehension and interpretation of the model as well as the corresponding graphics interface.
Descrição: Mestrado em Engenharia Química.Ramo Tecnologias de Protecção Ambiental
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2346
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_MiguelPinto_2008_MEQ.pdf12,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.