Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2259
Título: Arte Pública: divulgação do património cultural da cidade do Porto
Autor: Moniz, Mafalda de Dion Almeida Cardoso
Orientador: Carvalho, Carlos Vaz de
Palavras-chave: Arte Pública
Património
Windows Phone 7
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: O produto turístico é um produto complexo que envolve diversos componentes. Entende-se como tal, atracções (“Elementos proporcionados pelo destino que, individualmente ou combinados, constituem as razões principais de visita”), facilidades (“Elementos do destino que tornam possível ao turista manter-se no local e usufruir das suas atracções”), acessibilidade (“Define-se em função do grau de facilidade ou dificuldade de acesso ao destino que o turista pretende visitar”), imagem (“As ideias, crenças ou sensações sobre o produto que o turista pretende adquirir fazem parte do próprio produto. As imagens do destino não se baseiem necessariamente em experiência, mas são na realidade um factor fundamental na escolha de um destino”), bem como o preço (“Somatório de todos os elementos da viagem: alojamento e outros serviços”). (Victor Middleton, 1989) Os consumidores potenciais de produtos turísticos, na maioria das situações, não podem experimentar a viagem antes de a comprar, o que faz com que necessitem de uma informação mais detalhada sobre o produto turístico. Essa informação deve ser processada para ser comunicada ao turista ou potencial turista. O melhor meio para a sua divulgação traduz-se no uso intensivo das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). A informação intensiva através do uso das TIC faz com que os viajantes e turistas possam solicitar informação sobre produtos, preços, horários e efectuar reservas online aos intermediários turísticos (agências de viagens), cadeias hoteleiras ou linhas aéreas, bem como o acesso a conteúdos relacionados com a Arte Pública. Diversas aplicações web foram desenvolvidas para colmatar estas necessidades, não sendo ainda suficiente, uma vez que os visitantes de uma cidade necessitam de um acesso à informação mais facilitado, através do seu dispositivo móvel, que o acompanha diariamente. Neste trabalho transmite-se a importância do uso das tecnologias móveis para permitir que qualquer indivíduo, possa disfrutar das paisagens artísticas existentes na cidade, que maioritariamente são menosprezadas. O estudo foi desenvolvido em duas partes: numa primeira parte foram identificados os requisitos necessários para efectuar uma abordagem das tecnologias de informação e comunicação no âmbito da Arte Pública da cidade do Porto. A segunda desenvolveu uma aplicação no âmbito da implementação destes requisitos. Os resultados obtidos permitiram criar um sistema de acesso à informação no âmbito dos conteúdos descritos, quer para indivíduos que já o utilizem, quer para indivíduos que projectam vir a utilizá-lo. O mesmo se aplica a instituições que queiram inovar, no sentido de dar um acesso mais facilitado à informação que pretendam divulgar.
The tourism product is a product that involves several components. It is understood as such attractions ("Elements provided by the fate that, individually or in combination, are the main reasons to visit"), facilities ("Elements of fate that make it possible for tourists to stay on local and enjoy its attractions" ), accessibility ("is defined according to the degree of ease or difficulty of access to the destination that tourists want to visit '), picture (" The ideas, beliefs or feelings about the product that tourists want to buy belong to the product itself. Images of the destination are not necessarily based on experience, but are actually a key factor in choosing a destination), and the price ("Sum of all elements of the trip: accommodation and other services"). (Victor Middleton (1989), p. 573/74) The potential consumers of tourism products – tourists in its the vast majority – cannot experiment travels before buying them, and that makes them need a more detailed information about a specific tourism product. That information shall be processed in a way that allows it to be fully understood by a tourist or a potential tourist. The best mean to spread this information lies on the intensive use of Communication and Information Technologies (CIT). Intensive information by using CIT allows the travellers and tourists to request information about products, prices, schedules and perform online booking through tourism intermediaries (travel agencies), hotel and airline companies. Several web applications were developed to fulfil these needs, but the effort is not enough as the visitors of a certain city need access to the city information in a easy way, by using their mobile phone, which is constantly in their possession. In this work, the importance of the mobile technologies was highlighted in a way that each individual can enjoy the artistic landscapes of the city, which are usually ignored. The study was conducted in two different parts: in the first part it was identified the needed requirements to approach communication and information technologies in the scope of Public Art of the city of Oporto. The second part involved the implementation of an application regarding the requirements analysed in the first part of the study. The achieved results allowed creating a system to access information in the scope of the described contents, either to individuals already utilising the system or to individuals that intent to use it. The same applies to institutions that want to innovate, towards an easy access to the information that each institution wish to promote.
Descrição: Mestrado em Engenharia Informática. Sistemas Gráficos e Multimédia
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2259
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Informática

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_MafaldaMoniz_2010_MEI.pdf3,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.