Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2258
Título: Diferença entre os géneros na análise cinemática e eletromiográfica do membro superior durante uma atividade diária de beber
Autor: Pereira, Ana Raquel
Orientador: Santos, Rubim
Sousa, Helena
Palavras-chave: Análise eletromiográfica
Análise cinemática
Atividade diária de beber
Diferenças entre os géneros
Avaliações específicas do membro superior
Electromyographic analysis
Kinematic analysis
Activity daily drinking
Differences between genders
Specific assessments of the upper limb
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: As diferenças entre os géneros parecem surgir desde a origem da humanidade, quando a função do homem era caçar e da mulher fornecer cuidados às crianças e realizar trabalhos de cariz manual. O membro superior apresenta um papel primordial na execução da maioria das atividades relevantes para o ser humano, sendo pertinente a realização de avaliações mais objetivas do mesmo. Com a realização deste estudo pretendemos verificar se existem diferenças entre os géneros nos parâmetros eletromiográficos e cinemáticos do movimento durante uma atividade diária; perceber se os valores da eletromiografia e da cinemática do membro superior são dependentes do género à medida que a distância do objeto é alterada e ainda, levar a cabo a análise da atividade de beber. Para tal foram avaliados parâmetros de qualidade de movimento e parâmetros de recrutamento muscular em 15 indivíduos do género feminino e 15 indivíduos do género masculino com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos numa atividade de beber em três momentos diferentes. Para a análise cinemática foi utilizado o software Qualysis Motion Capture e para a análise eletromiográfica o software AcqKnowledge Analysis. Com os resultados obtidos constatamos que a percentagem de ativação muscular e os ângulos de flexão do ombro e flexão do cotovelo apresentam diferenças estatisticamente significativas (p<0.05) entre os géneros, sendo o grupo feminino a apresentar valores superiores. Aferiu-se também que a percentagem de ativação do músculo Deltoide Anterior parece ser influenciado pelo género (p<0.05) ao longo das três distâncias em estudo, sendo novamente o grupo feminino a apresentar valores superiores. Para além disto, aquando do movimento de alcançar, verificaram-se evidências estatísticas (p<0.05) do envolvimento do tronco em todas as distâncias de alcance do objeto, inclusive numa distância inferior ao comprimento do braço. Este estudo permitiu a descrição detalhada da eletromiografia e cinemática do movimento do membro superior de alcançar e transportar numa atividade diária, bem como uma comparação da mesma entre o grupo masculino e grupo feminino.
The gender differences seem to arise from the origin of mankind, when the man function was to hunt and the woman’s was to provide care for children and perform manual work. The upper limb has a key role in the execution of most activities important to humans, thus it is relevant to do more objective assessments of it. With this study we want to observe if there is gender differences in EMG and kinematic parameters of the movement during a daily activity; realize if the values of electromyography and kinematics of the upper limb are dependent on gender as the object distance is changed and also to carry out an analysis of the activity of drinking. For such quality of movement parameters were assessed as well as muscle recruitment parameters in 15 female individuals and 15 males subjects aged between 18 and 30 years of old during the activity of drinking at three different times. For kinematic analysis Qualysis Motion Capture software was used and for EMG analysis AcqKnowledge Analysis software. With the results we found that the percentage of muscle activation and the angles of shoulder flexion and elbow flexion were statistically significant differences (p<0.05) between the genders, having the female group higher values. We also realize that the percentage of activation of the anterior deltoid muscle appears to be influenced by gender (p <0.05), during the three distances in the study, and again the female group present higher values. Moreover, when moving to reach out, there is statistical evidence (p <0.05) that the trunk is involved in all of the three distances from the object range, including a distance less than the length of the arm. This study provided a detailed description of electromyography and kinematics of the upper limb movement to achieve and carry on daily activities, as well as a comparison of the same between male and female groups.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2258
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaPereira_2013.pdf1,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.