Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2209
Título: Estudo da variabilidade inter-anual de diferentes regimes de vento
Autor: Gonçalves, Luciana Carina Castro
Orientador: Pilão, Rosa Maria
Pinto, Paulo Ferreira
Palavras-chave: Variabilidade inter-anual
Longo termo
NCEP/NCAR
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: O trabalho proposto consiste na caracterização da variabilidade da velocidade média inter-anual do regime de ventos do território da Polónia, Roménia e Portugal continental com o objectivo de determinar o período mínimo de medições de vento locais necessárias à sua caracterização. Para isso, foram analisados e tratados estatisticamente um conjunto de dados de medições de vento obtidos em estações anemométricas, instaladas em diferentes zonas do território dos Países em estudo, durante os últimos anos. Numa segunda fase foram utilizados dados de Reanalysis do NCEP/NCAR (National Center for Environmental Prediction/National Center for Atmospheric Research) com o objectivo de verificar se existe uma tradução do comportamento da variabilidade de longo termo. Os dados das medições locais de vento indicaram que o desvio máximo da velocidade média diminui à medida que se incrementam o número de anos usados na sua determinação. Mostraram também que, em Portugal, foi registada uma menor variabilidade inter-anual do regime de ventos que nos territórios em estudo na Polónia e Roménia e que foi na Polónia que se registou maior variabilidade inter-anual. A utilização dos dados de reanálise correspondentes ao período das medições efectuadas nos diferentes territórios em estudo mostrou que os dados do NCEP/NCAR traduziram de forma aceitável a variabilidade inter-anual do regime de ventos medida nos locais. Os resultados do estudo da variabilidade inter-anual de longo termo feita, utilizando os dados de Reanalysis (30 anos de dados do NCEP/NCAR) mostraram que para Portugal e para o território da Polónia a utilização de dois anos consecutivos é suficiente para caracterizar o regime de ventos do local tendo-se obtido um desvio máximo da velocidade média de cerca de 6%. Este desvio pode ser reduzido pelo incremento do número de anos de dados. Relativamente à Roménia a utilização de dois anos de dados consecutivos resultou em desvios máximos da velocidade média superiores, na casa dos 8%. Os resultados indicam que o território em estudo está sujeito a um regime de ventos com um ciclo de vários anos pelo que, estimativas de produção de parques eólicos feitas exclusivamente com base em campanhas de medição locais por períodos usualmente utilizados, 2 a 3 anos, comportam uma maior incerteza, apenas ultrapassável se for possível correlacionar os dados locais com estações de medição ou bases de dados (NCEP/NCAR, por exemplo) com períodos de registos suficientemente longos para obtenção do regime de ventos do longo termo.
The proposed work aims to characterize the variability of inter-annual average speed of the wind from the territory of Poland, Romania and Portuguese mainland in order to determine the minimum local wind measurements for its characterization. In order to achieve this, a set of data obtained from wind measurements at met stations in operation over the past years and installed in different areas of the countries and were analyzed and statistically treated. In a second stage data from the Reanalysis NCEP / NCAR (National Center for Environmental Prediction/National Center for Atmospheric Research) was used with the target of ascertaining whether there is a translation of the behaviour of long-term variability. Data from local wind measurements indicated that the maximum deviation of the average speed decreases when increasing the number of years used in their determination. The results showed a higher inter-annual variability of the wind in the regions studied in Poland and Romania than in Portugal. In addition the obtained results demonstrated the highest inter-annual variability in Poland. The use of reanalysis data for the period of the measurements made in the different territories showed that data from the NCEP / NCAR represent in an acceptable way the inter-annual variability of the wind measurement sites. The results of the study for the long term inter-annual variability using Reanalysis data (30 years of data from the NCEP / NCAR) show that two consecutive years are enough to characterize the local wind regime in Portugal and Poland and obtain a result of the maximum deviation of the average speed of about 6%. This gap can be reduced by increasing the time of years of measurements. With regard to Romania the use of two consecutive years resulted in around 8%, a higher maximum deviation of the average speed than in Portugal and Poland. The results show that the studied area is subject to a wind regime with a course of several years so, for that reason the production estimates for a given wind farm made using exclusively local measurement campaigns for usual periods, 2 to 3 years, have a greater uncertainty only surpassed if possible to correlate the local data with met stations or data bases (NCEP/NCAR, for example) with large enough record periods for the characterization of the long term wind regime.
Descrição: Mestrado em Engenharia Química. Ramo optimização energética na indústria química
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2209
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_LucianaGoncalves_2010_MEQ.pdf2,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.