Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2099
Título: Avaliação energética de uma escola
Autor: Vieira, Jorge Manuel Amaral
Orientador: Pilão, Rosa Maria
Palavras-chave: Energia
Eficiência energética
RSECE
Auditoria
Data de Defesa: 2009
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: De modo a reduzir o consumo energético, diminuindo o peso da factura energética anual e contribuindo para um ambiente mais limpo, a escola, que proporciona a aquisição de competências aliadas ao saber ser, saber estar e saber fazer, perante o flagelo da poluição atmosférica, deverá primeiramente perceber a importância da existência de uma gestão energética, para que com isso utilize eficientemente a energia. É neste contexto que surge este trabalho, com o objectivo principal de realizar uma avaliação energética a uma escola, para que assim seja possível compreender a necessidade de alterar a forma de encarar a energia, já que, muitas vezes, ela é negligenciada, pois o peso da factura energética é baixo, quando comparado com o peso de outros factores. Este trabalho começa pela recolha de toda a informação necessária, incluindo, facturas energéticas, plantas, horários, mapas relativos a docentes, funcionários e alunos, funcionamento da escola, iluminação e equipamentos, para posteriormente elaborar o levantamento energético, proceder à análise detalhada de facturas de energia eléctrica, determinar o índice de eficiência energética (IEE) pelo método simplificado no âmbito do Regulamento dos Sistemas Energéticos e de Climatização dos Edifícios (RSECE) finalizando com a desagregação dos consumos eléctricos. Os resultados do levantamento energético permitiram averiguar que a factura energética da escola no período em análise teve o valor de 26586 €/ano e que a principal forma de energia consumida na escola é a energia eléctrica com um peso de 87% no consumo total contra 7% atribuído ao consumo de combustíveis. Associado ao consumo de energia foi calculado o valor anual de cerca de 144 tCO2e para as emissões de gases com efeito de estufa (GEE). Foi efectuada a desagregação dos consumos de energia eléctrica tendo-se concluído que a iluminação e equipamentos informáticos são os principais consumidores com pesos semelhantes na casa dos 39%. Foi possível concluir que o sistema de iluminação, instalado nos diferentes espaços da escola, se encontra desajustado à realidade da mesma tendo sido identificadas reais oportunidades de redução do consumo de energia eléctrica. A análise detalhada das facturas permitiu concluir que a opção tarifária da escola não se encontra desajustada e permitiu identificar a necessidade de compensar a energia reactiva consumida pela escola. O valor obtido para o IEE foi de 6,5 kgep/m2.ano concluindo-se que o edifício cumpre os requisitos energéticos do RSECE. Os resultados mostram que a avaliação energética da escola, permite conhecer a sua realidade energética, possibilitando a implementação de uma série de medidas que ensinam a utilizar a energia mais eficazmente, conseguindo-se reduzir consumos, custos bem como contribuir para a concretização do compromisso assumido por Portugal perante os países Europeus, relativo às emissões dos GEE.
In order to decrease the energetic expenditure, by diminishing the burden of the yearly energy bill and contributing to a clean environment school, which enables the acquisition of competences allied to the concepts of both knowing how to be, how to act and how to do when confronted with the atmospheric pollution, the importance of an energetic management existence should be understood beforehand so that, with this premise in mind, energy can be efficiently used. This work is based on the above context, being its main purpose to accomplish a school’s energy assessment in order that it will be possible to understand the need to alter the way energy is dealt with, seeing that it is very often neglected as the cost of the energetic bill is low when compared with the value of other factors. This work starts by collecting all the necessary information, including energy bills, plants, timetables, maps related to the staff, clerks, janitors and students, school management, lightening and equipment so as to , a posteriori, calculate the energy cost rate, carry out the detailed analyses of electric energy bills and determine the Energy Efficiency Index by using the simplified method under the Energy-Based Clmatisation Systems for Buildings, aiming at stopping the electricity consumption disaggregation.. The results of the energy study made it possible to check that the school’s energy bill, during the period of analysis, reached the amount of 26586€ per year and that the main source of energy used at school is the electric energy, reaching the total consumption amount of 87% versus 7% conferred to fuels’ consumption. Connected with the energy consumption, the yearly amount of 144 tons for CO2 and for the gases emissions of greenhouse gases was estimated. The disaggregation of electric energy was carried out and the subsequent conclusion was that lightening and computer equipments stood for the main sources of consumption with similar amounts measured at around 39%. It was thus possible to conclude that the lightening system which is installed in the different school areas has been found to be misadjusted to its reality and real reduction opportunities of electric energy consumption were identified. The bill’s detailed analysis made it possible to conclude that the school’s tariff option has not been found to be misadjusted and it also allowed to identify the need to compensate the reactive energy consumed in the school. The obtained value for the Energy Efficiency Index was 6,5 kgep/m2 a year, having reached the conclusion that the building comply with the energy demands of the Energy-Based Clmatisation Systems for Buildings. The results put forward show that the school’s energy assessment allows us to know about the energy reality, enabling us the implementation of a series of measures, which teach people how to use energy more efficiently, permitting consumption reductions as well as contributing to the fulfillment of the assumed commitments by Portugal in the presence of the European countries on what concerns the gases emissions of greenhouse gases.
Descrição: Mestrado em Engenharia Química
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2099
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_JorgeVieira_2009_MEQ.pdf963,04 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.