Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1943
Título: Efectividade de um programa de fisioterapia na radiculopatia cervical – estudo de caso
Autor: Teixeira, Sofia Daniela
Orientador: Bessa, Isabel
Palavras-chave: Radiculopatia cervical
Dor
Incapacidade funcional
Qualidade de vida
Terapia Manual
Cervical radiculopathy
Pain
Functional disability
Quality of life
Manual therapy
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Introdução: Não existe um consenso quanto ao melhor tratamento para a radiculopatia cervical pois existe uma grande variedade de manifestações clínicas e opções terapêuticas, mas a sua selecção vai depender do caso particular do utente, sugerindo assim uma correcta avaliação do Fisioterapeuta. Objectivo: Este estudo pretende descrever e avaliar a efectividade de um programa de Fisioterapia num caso de radiculopatia cervical, na dor, funcionalidade e percepção da qualidade de vida. Participantes e Métodos: Estudo observacional descritivo tipo estudo de caso de um utente de 56 anos de idade, com radiculopatia cervical. Para a avaliação foram utilizados testes ortopédicos, a escala visual analógica e os questionários de incapacidade funcional da cervical e do membro superior bem como da percepção da qualidade de vida. Estes questionários foram aplicados em 3 momentos, antes da intervenção, no final e após 6 semanas e os restantes instrumentos foram utilizados em diversos momentos ao longo da intervenção. Esta foi efectuada duas vezes por semana, ao longo de 10 semanas recorrendo a técnicas de terapia manual, exercícios de controlo motor e educação do utente. Resultados: Verificou-se que a dor na cervical passou de 6,5 para 2/10 EVA e no cotovelo direito de 7,3 para 2/10. A resposta ao questionário de incapacidade funcional na cervical variou de 40% no primeiro momento para 11,1% no segundo, o da incapacidade funcional do membro superior variou de 63,6% para 33,5% e o questionário da percepção da qualidade de vida variou de 55,01 para 68,69. Seis semanas após a intervenção, todos estes resultados se mantinham praticamente inalterados. Conclusão: Este caso permitiu demonstrar o processo de raciocínio clínico efectuado ao longo de dez semanas de intervenção em que se utilizou uma abordagem centrada no utente, baseada na evidência científica e na experiência clínica anterior. Os resultados alcançados foram de encontro às expectativas iniciais e parecem evidenciar que, neste caso, o programa de fisioterapia teve efeitos positivos na dor, funcionalidade e percepção da qualidade de vida.
Introduction: There is no consensus regarding the best treatment for cervical radiculopathy, because there is a wide variety of clinical manifestations and therapeutic options, but their selection will depend on the particular case of the patient, thus suggesting a proper evaluation of the physical therapist. Objective: This study aims to describe and evaluate the effectiveness of a physical therapy program in a case of cervical radiculopathy, on pain, functinality and perception of quality of life. Participants e Methods: An observational descriptive case study of a patient of 56 years old with cervical radiculopathy. For the assessment tests were used orthopedic tests, visual analogue scale and questionnaires of functional disability of the cervical and upper limb as well as the perception of quality of life. These questionnaires were applied in three times, before the intervention, at the end and after six weeks and the others instruments were used at various moments during the intervention. This was carried out twice a week over ten weeks recourse to manual therapy techniques, exercise, motor control and patient education. Results: It was found that the pain in the neck decreased from 6.5 to 2/10 VAS and in the right elbow from 7.3 to 2/10 VAS. The questionnaire response of functional disability in the neck ranged from 40% in the first moment to 11.1% in the second, the upper limb functional disability ranged from 63.6% to 33.5% and the questionnaire of perceived of quality of life ranged from 55.01 to 68.69. Six weeks after the intervention, all these results remained virtually unchanged. Conclusion: This case allowed to demonstrate the clinical reasoning process to be spread over ten weeks of intervention which used a patient-centered approach, based on scientific evidence and clinical experience before. The results were according the initial expectations and seems to show that in this case, the physical therapy program had positive effects on pain, function and perception of quality of life.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1943
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SofiaTeixeira_2011.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.