Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1937
Título: Mudanças comportamentais ao longo da gestação: gravidez activa e saudável
Autor: Magalhães, Cláudia
Orientador: Santos, P. C.
Palavras-chave: Gravidez
Actividade física
Exercício
Mudanças de comportamento
Pregnancy
Physical activity
Exercise
Behavioral changes
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Objectivos: verificar a frequência dos comportamentos de risco para a saúde ao longo da gestação e verificar as alterações ocorridas na actividade física ao longo da mesma. Métodos: Realizou-se um estudo longitudinal prospectivo numa coorte constituída por 76 gestantes. Foram aplicados dois questionários (questionário de actividade física para gestantes e questionário de comportamentos relacionados com a saúde) em três momentos diferentes. O primeiro momento com menos de 14 semanas de gestação; o segundo entre a 14ª e 28ª semana e o terceiro entre a 29ª e 40ª semana de gestação. Resultados: Verificou-se uma tendência para a diminuição de comportamentos de risco ao longo da gestação, nomeadamente no consumo de álcool, tabaco, café assim como uma tendência para hábitos alimentares mais equilibrados. No que diz respeito aos níveis de actividade física, estes diminuem significativamente ao longo da gestação (p<0,05). Constatou-se que os gastos energéticos médios semanais (MET-h.semana-1) com as actividades ocupacionais e desportivas diminuíram entre o 1º e 2º trimestre e entre o 1º e 3º trimestre (p<0,001). Nas actividades domésticas os METh. semana-1 são maiores no 1º que no 3º trimestre (p=0,01). Conclusão: Com os resultados obtidos parece poder-se concluir-se que a gravidez está associada a mudanças de comportamento para estilos de vida mais saudáveis, porém essas mudanças não se constataram na prática de actividade física.
Objectives: To check the frequency of risk behaviours for health and changes occurred in physical activity, both during pregnancy. Methods: It was made a prospective longitudinal study in a cohort composed by 76 pregnant women. It was made two questionnaires (physical activity questionnaire for pregnant women and a questionnaire about health behaviours) in three different moments. The first moment was at less than 14 weeks of pregnancy; the second between the 14th and the 28th week and the third one between the 29th and the 40th week. Results: It was confirmed that the risk behaviours during pregnancy tended to diminish, namely smoking, the consume of alcohol and coffee and more balanced eating habits tended to increase. In what concerns to physical activity levels, they decreased during pregnancy (p<0,05). It was also confirmed that the average weekly expenditure (MET-h.week-1) in occupational activities and sports diminished between the 1st and 2nd term and between the 1st and 3rd term (p<0,001). In domestic activities the MET-h.week-1 are bigger in the 1st term than in the 3rd (p=0,01). Conclusion: With the results, we can come to the conclusion that pregnancy is associated with behavioral changes to healthier ways of living. However, those changes can’t be confirmed in the physical activity practice.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1937
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_ClaudiaMagalhaes_2011.pdf1,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.