Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1841
Título: A Intenção de uso da M-Wallet pelo consumidor português
Autor: Teixeira, Sara Raquel de Paiva Abreu
Orientador: Vieira, António da Silva
Palavras-chave: Mobile commerce
Modelo de aceitação de tecnologia
Mobile payment
Mobile wallet
Technology acceptance model
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: Vivemos na Era das Tecnologias em que o telefone móvel está omnipresente no nosso dia a dia. Com o surgimento do m-commerce, do m-payment e a evolução da tecnologia móvel, os smartphones passaram a ser adquiridos não são só para efetuar chamadas, mas também pelas suas aplicações. A m-wallet é das mais recentes aplicações dos telefones móveis. Esta possibilita pagamentos sem uso de dinheiro físico e reunião da maioria dos conteúdos das carteiras físicas no telefone móvel (e.g. cartões de crédito, de débito, de fidelização). Este estudo pretende verificar a intenção de uso da m-wallet pelo consumidor português; a aceitação da tecnologia; o conhecimento do potencial consumidor e as razões que o levam a desejar utilizar ou não. Fez-se uma revisão de literatura sobre a m-wallet, m-payment, m-commerce e a aceitação de tecnologia e após essa revisão, lançou-se um questionário via Internet. Foram selecionadas 400 pessoas da população portuguesa com 15 ou mais anos segundo o local de residência, grupo etário e sexo. Verificou-se uma elevada intenção de uso da m-wallet pelo potencial consumidor. Este é do sexo feminino, tem uma idade entre 25 e 64 anos, habita no Norte, é empregado por conta de outrem, possui Ensino Superior e um rendimento líquido mensal entre 475€ e 1000€. Os fatores que influenciam a m-wallet são: a utilidade percebida, a facilidade de uso percebida; o custo percebido; a confiança; a conveniência; a segurança percebida/privacidade; a idade; o rendimento líquido mensal; o local de residência; as habilitações literárias e a ocupação profissional. Os fatores que deixam o consumidor reticente em usar são: a falta de segurança; o surgimento de vírus ou malware; a possibilidade de roubo de telefone móvel e de fraude. Constata-se que o consumidor quer usar a m-wallet para: receber cupões e descontos; guardar cartões de sócio; pagar compras com dinheiro eletrónico e guardar bilhetes de viagem.
We live in the Technology’s Era in which mobile phone is increasingly present in our day by day. With mobile commerce and payment’s emergence and the mobile technology evolution, smartphones are acquired not only to do call, but also by its numerous applications that make life easier. M-wallet is the latest evolution in mobile phones. It allows making payments without using physical cash and gathering the most content of physical wallets on a mobile phone, like credit card, debit card, loyalty card, among others. This study aims to verify the intention of using the m-wallet by the Portuguese consumer; the acceptance of technology; the knowledge of the potential consumer in Portugal and the reasons why he wants to use this technology or not. A literature review was conducted about the m-wallet, m-payment, m-commerce and technology acceptance and before the literature review a questionnaire was released via Internet. 400 people from the Portuguese population with 15 or more years were selected according to the place of residence, age and sex. A high intention to use m-wallet in Portugal by the consumer was verified. This consumer is female, aged between 25 and 64 years, resident in the North, employee for others, higher educated, and earning a monthly income between 475€ and 1000€. The factors that influence m-wallet are: perceived usefulness; perceived ease of use; the perceived cost; reliability; convenience; perceived security / privacy; age; monthly income; place of residence; educational attainment and occupation. The factors that can make the consumer reluctant in using are: the lack of security; the emergence of viruses or malware; the possibility of mobile phone theft and fraud. It is verified that consumer wants to use the m-wallet to: receive coupons and discounts; keep membership cards; pay for purchases with electronic money and keep travel tickets.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Marketing Digital, sob orientação de Mestre António da Silva Vieira.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1841
Aparece nas colecções:ISCAP - DM - Marketing Digital

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SaraTeixeira_2013.pdf1,93 MBAdobe PDFVer/Abrir
DM_SaraTeixeira_2013_errata.pdfErrata249,9 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.