Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1697
Título: Io Ancora Sono l’amore: algumas considerações sobre amor e adultério femininos no filme de Luca Guadagnino
Autor: Fernandes, Verônica Daminelli
Palavras-chave: Dispositivo amoroso
Itália
Mulheres
Porno
Tropics
Adultério
Women
Italy
Adultery
Love device
Data: 2012
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: Este trabalho analisa a protagonista do filme “Io sono l’amore”a partir do imaginário ocidental que impeliu a identidade das mulheres para o amor. Porno- tropic russo a ser inseminado pela civilização italiana, Emma será a propriedade erotizada que encontra no adultério a possibilidade de transgredir contra a identidadeque sustenta. Porém, se a infidelidade ameaça a ordem para qual as mulheres servem de base, elaainda colaboracom a inteligibilidade que liga as mulheres ao imaginário amoroso dito livre.
This paper analyses the main character in the film "Io sonol'amore" through the Western imagination that impelled the identity ofwomen for love. Russian porno-tropic to be inseminated by the italian civilization, Emma will be the eroticized property that finds in the adultery the possibility to transgressthe identity that she supports. However, if femaleinfidelity threatens the social order to which women serveas a base, it seems to also work with the intelligibility thatconnects womento the pseudo-free loving's imaginary.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1697
ISSN: 1645-1937
Versão do Editor: http://www.iscap.ipp.pt/~www_poli/
Aparece nas colecções:ISCAP - LC - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A_VerônicaFernandes_2012.pdf328,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.