Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1189
Título: Fatores influenciadores da gestão da qualidade e independência do auditor: um estudo de caso
Autor: Gonçalves, Mónica Albertina Vieira
Orientador: Dias, Alcina Portugal
Palavras-chave: Gestão de qualidade
Auditoria
Auditoria interna
Independência
Independence
Quality management
Audit
Internal audit
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: Muitas empresas promovem a Gestão da Qualidade e a Informação Credível como um valor central para o cliente e consideram-nas um fator crítico de sucesso para atingir a competitividade. A melhoria da qualidade quer a nível de Gestão quer a nível de Informação é considerada por vários autores como a melhor forma de satisfazer o cliente, reduzindo os custos de produção e aumentando a produtividade. Pretende-se que esta investigação e posteriores desenvolvimentos deste estudo possam ajudar a considerar a importância dos aspetos subjetivos e objetivos relacionados com a Gestão da Qualidade e a Independência do Auditor num processo de Auditoria Interna. No presente estudo foram levantadas algumas hipóteses de investigação que serviram de base e motivação para a elaboração deste trabalho, tendo sido testadas algumas das relações sugeridas na literatura relativamente à temática em causa. A importância do conhecimento para os custos com a qualidade e a sua prevenção serão relacionados diretamente com a motivação do colaborador. A gestão dos custos com a qualidade, irá emergir como um dos elementos mais importantes na gestão estratégica de forma a melhorar a eficiência e a eficácia das atividades que garantam a qualidade. A relação custos da qualidade e informação fidedigna levará os auditores internos a necessitar de uma estrutura, de forma a desenvolver o verdadeiro estatuto profissional, cujo principal objetivo reside na área de controlo financeiro e operacional. Neste sentido o conceito de independência será a relação entre: resistir à “pressão”, a atitude e o estado espírito. Desta forma, qualquer tentativa no sentido de melhorar a Qualidade da Gestão e informação independente por parte do Auditor deve ter em consideração todos os fatores que a possam influenciar. Acresce que importa conhecer quais os custos associados com essa mesma garantia, pois, atualmente, o mais importante não é apenas satisfazer as necessidades do cliente, mas fazê-lo ao menor custo possível. Tal só pode acontecer através da identificação dos fatores influenciadores, tomando todas as medidas necessárias e adequadas para evitar o seu uso e redução dos custos necessários para alcançar a qualidade. Embora se possa constatar uma vasta produção científica sobre a ii Gestão da Qualidade (p.ex. Dale e Plunkett, 1995, Hwang e Aspinwall, 1996, Dale, 1999 e Omachonu et al., 2004 ), e sobre Auditoria Interna e a Independência do Auditor (p.ex. Windmoler, 2000, Antle, 1984, Schuertze 1994, Garvin 1984, John L. Carey, 1968 ; Carmichael e Swieringa, 1968 ), não existem pelo nosso melhor conhecimento estudos que abordem a realidade da indústria portuguesa, no que diz respeito à avaliação dessa Gestão da Qualidade e o impacto da informação Independente por parte do Auditor como uma mais-valia para a Organização. Desta forma, é pretendido avaliar a importância da Gestão da Qualidade nas Organizações e de uma informação credível por parte do Auditor, através de um estudo de caso de uma empresa integrada no sector da indústria metalúrgica. Na realidade, de acordo com estudos da Associação dos Industriais, Metalúrgicos, Metalomecânicos e afins de Portugal (AIMMAP, 2011), o sector metalúrgico e metalomecânico é “de longe” o maior exportador nacional, responsável por vendas ao exterior de 11,4 mil milhões de euros, entre um terço e um quarto do total nacional, de acordo com a AIMMAP (2011). Os principais fatores influenciadores em análise referem-se à falta de credibilidade, integridade, independência, os interesses financeiros, a relação familiar a liberdade de pressões, o uso de normas e regulamentos internos, a qualidade do trabalho, do serviço, da informação, do processo, do pessoal, dos objetivos, satisfação do cliente, necessidade do uso de ferramentas e técnicas para melhoria contínua, a análise de custos elevados na implementação de mecanismos processuais para obtenção de qualidade, necessidade de aumentar a quota de mercado e os lucros. Foi concluído através da investigação empírica e usando a metodologia dos questionários e a pesquisa documental que na empresa existem todo um conjunto de fatores que podem influenciar a Gestão da Qualidade e a Informação Independente por parte do Auditor, mas foi verificado que a empresa toma todas as precauções e medidas para ultrapassar e combater esses mesmos fatores tendo atingido até ao momento os seus objetivos quer no nível qualitativo quer no nível quantitativo.
Many companies promote the quality management and reliable information as a core value for the client and consider them as a critical factor of success for achieving competitiveness. The improvement of quality either at the management level or at the level of information is considered by several authors as the best way to satisfy the customer, reducing production costs and boosting productivity. It is intended that this investigation and further developments of this study may help to consider the importance of subjective and objective aspects related to the quality management and to the independence of the Auditor in a process of internal audit. In the present study some research hypotheses have been raised, which were the basis and motivation for this work, having been tested some suggested relations in literature regarding this issue. The importance of the knowledge development about quality costs prevention are directly related to the human resources motivation . Quality management costs, will emerge as one of the most important elements in management strategic, in order to improve the effectiveness and efficiency of activities that ensuring quality. Quality cost and reliable information, need a structure to develop the true professional status. The main goal is the area of financial and operational control. So independence will depend on: resist to "pressure", the attitude and spirit. Thus, any attempt by the Auditor to improve the quality management and independent information shall take into consideration all the elements which may create influence in this quality and independence. It is important to know the associated costs with this warranty, because nowadays, the most important thing is not only to satisfy the customer's needs, but also to do it at the lowest possible cost. This can only happen through the identification of influencing elements, taking all necessary and appropriate measures to avoid its use and reducing the necessary costs to achieve quality. Though we can see a vast scientific production on the quality management (e.g. Dale and Plunkett, 1995, Hwang and Aspinwall, 1999 and 1996, Dale, Omachonu et iv al., 2004), and on internal audit and the independence of the Auditor (e.g. Windmoler, 2000, Antle, 1984, Schuertze 1994, Garvin 1984, John l. Carey, 1968; Carmichael and Swieringa, 1968), there insn’t, by our better knowledge studies that address the reality of the Portuguese industry, regarding the evaluation of quality management and the impact of information for Independent Auditor as an asset for the organization. This way, is intended to assess the importance of quality management in organizations and a credible information from the Auditor, through a case study of an integrated company in the industry metallurgic sector. Indeed, according to studies of the Association of Industrial, Metallurgical, Metalworking and allies of Portugal (AIMMAP, 2011), the metallurgical and metal and mechanical industry is "by far" the national largest exporter, responsible for overseas sales of 11.4 billion, between one third and one quarter of the total national, according to the AIMMAP (2011). The main influencing factors under review are related to the lack of credibility, integrity, independence, financial interests, the family relationship, the freedom of pressures, the use of internal rules and regulations, the quality of work, service, information, personnel, process, objectives, customer satisfaction, need to use tools and techniques for continuous improvement, the high cost analysis in the implementation of procedural mechanisms to obtain quality, and need to increase market share and profits. Was completed through empirical research and using the methodology of the questionnaires and desk research that in the company there are a whole range of factors that may influence the Quality Management and the Independent Information by the Auditor, but it was also verified that the company takes all precautions and measures to overcome and combat these same factors reaching until now its goals both in qualitative and quantitative level.
Descrição: Dissertação apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade para obtenção do Grau de Mestre em Auditoria Orientada por: Doutora Alcina Dias
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1189
Aparece nas colecções:ISCAP - DM - Auditoria

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_MónicaGonçalves_2012.pdf1,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.