Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1164
Título: O papel do fundo de maneio das pequenas e médias empresas
Autor: Sá, Ana Isabel Ferreira de
Orientador: Silva, Armando
Palavras-chave: Gestão financeira de curto prazo
Necessidades em fundo de maneio
Fundo de maneio
Assimetria de informação
Short-run financial management
Working capital needs
Working capital
Asymmetric information
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Resumo: Considerando que as empresas com falta de liquidez recorrem às instituições financeiras mas numa altura de contração e de aumento de assimetria de informação as próprias empresa com maiores dificuldades são tentadas a usar determinados “mecanismos” de forma a suprir as suas necessidades de financiamento, então o objetivo do presente trabalho visa estudar, de forma empírica, a relação entre o valor do Fundo de Maneio das Pequenas e Médias Empresas Portuguesas (PME) e o nível de crédito obtido junto das Instituições Financeiras. Para o efeito é utilizada uma análise comparativa entre o universo nacional de 2166 com a CAE (Código de Actividade Económica) 25120 – Fabricação de portas e elementos similares em metal face ao universo de 196 PME do distrito de Braga com o mesmo CAE; este estudo é complementado com um estudo de caso de empresa do setor em questão. Os resultados obtidos através destes dados e deste estudo de caso permitem verificar que, quer em termos financeiros, quer em termos económicos as empresas do distrito de Braga, no setor referido, estão numa posição menos confortável que as restantes empresas nacionais do mesmo setor; isto acontece sobretudo, porque as empresas deste distrito não conseguem fazer face às suas responsabilidades de curto prazo, através dos seus ativos de curto prazo; Por outro lado, o uso de mecanismos de seleção adversa por parte das empresas permitindo-lhes, no curto prazo, resolver alguns problemas financeiros, torna-se muitas vezes a causa do seu fracasso futuro.
Considering that the companies with liquidity needs appeal to the financial institutions but in a cycle of contraction and of increase of asymmetry of information the companies with bigger difficulties are tempted to use certain “mechanisms” in order to get their necessities of financing, the present work aims to study, in an empirical way, the relationship between the value of Working Capital in Small and Medium Enterprises Portuguese (SME) and the level of credit obtained from the Financial Institutions. For the effect a comparative analysis is performed by comparing the national universe of 2166 enterprises with CAE (Economic Activity Code) 25120 – “Similar manufacture of doors and elements in metal” and the universe of 196 PME of the district of Braga with the same CAE; this study is complemented with a case study of a company of the sector in question. The results obtained from these data and case study confirm that, in financial terms, the companies of the district of Braga, in the related sector, are in a less comfortable situation than the remaining national companies of the same sector; this happens over all, because the companies of this district do not obtain a sufficient trade credit level to face their responsibilities of short term. Moreover, the use by firms, of adverse selection mechanisms allows them, in the short term, to solve some financial problems but in the long term become, many times, the cause of their future failure.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Finanças Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1164
Aparece nas colecções:ESEIG - DM - Finanças Empresariais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaSa_2012.pdf453,46 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.