Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/1138
Título: Expectativas dos stakeholders para as fusões e aquisições: um estudo de caso: aquisição do Finibanco pelo Montepio
Autor: Ferreira, Tomásia da Conceição
Orientador: Dias, Alcina Augusta Sena Portugal
Palavras-chave: Fusões e aquisições (F&A)
Motivações para F&A
Setor terciário
Intermediação bancária
Gestão de fundos de investimentos
Mergers and acquisitions (M&A)
M&A motivations
Tertiary sector
Intermediation
Management of investment funds
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: A crescente globalização tem fomentado a concorrência, tanto a nível nacional, como internacional. Os gestores creem que devem comprar os seus rivais pois, caso tal não aconteça, sujeitam-se a serem comprados à medida que as suas indústrias se vão consolidando. A sobreavaliação das suas crenças no sucesso dos seus investimentos leva a que, em cada dois casos, haja insucesso da integração das F&A, situação que frequentemente é também fomentada por rumores e especulações. Este estudo analisa os diversos tipos de F&A e os motivos inerentes aos processos de F&A. De modo a verificar a veracidade das teorias dos autores citados ao longo do trabalho efetuamos uma análise à aquisição do Finibanco pelo Montepio. Efetuamos uma análise de natureza quantitativa (Yin, 2009) através dos dados do relatório de contas e dos resultados extraídos do inquérito realizado aos colaboradores de ambas as instituições. Assim podemos constatar que a aquisição do Finibanco proporcionou uma variação bastante positiva nos valores expressos no relatório de contas e que os colaboradores veem a estratégia escolhida pelo grupo como uma mais valia. Concluímos que este foi um dos processos de F&A bem sucedido.
The Increasing globalization and integration have fostered competition, both nationally and internationally. Managers believe they must buy their rivals, or they risk being bought when their industries are being consolidated. The overestimation of their belief in their investments success, leads many times - on a frequency of 50% - to the failure of the integration of mergers and acquisitions, resulting from rumors and speculation. The following work analyses the different types of mergers and acquisitions, and the reasons for external growth. To verify the truth of the theories from quoted authors thru the work, we have analyzed the acquisition of Finibanco by Montepio. We have made an quantitative kind of analyze (Yin, 2009) thru the data from the managerial report and the results taken from the inquiry delivered to both institution workers. And so we can find that the acquisition of Finibanco provided very positive variations in the managerial report and the workers see the strategy chosen by the company as a benefit. We can conclude that this was a well succeed process of mergers and acquisitions.
Descrição: Dissertação apresentada ao ISCAP para a obtenção do Grau de Mestre em Auditoria Orientada por: Prof. Doutora Alcina Dias
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/1138
Aparece nas colecções:ISCAP - DM - Auditoria

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Tomazia_Ferreira_2012.pdf867,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.